Com saídas e contratações, Cruzeiro desenha mudança profunda no setor defensivo para 2022

Clube foi apenas a 14ª melhor defesa na Série B do Brasileiro e terá saídas para a próxima temporada

O Cruzeiro desenha uma profunda mudança no seu sistema defensivo para a temporada 2022. Reflexo disso é que os primeiros acertos do clube são para a zaga. Enquanto isso, zagueiros e laterais – que atuaram em 2021 – não vão permanecer.

Para o próximo ano, até o momento, são duas novidades: o zagueiro Maicon, de 34 anos, que estava sem clube. Tem também o defensor Mateus Silva, 26 anos, e que não renovará contrato com o Ituano. Chegam para suprir saídas.

Uma delas será de Léo Santos, reincorporado ao Ituano, que o emprestou ao Cruzeiro. Os zagueiros Joseph e Rhodolfo também têm contratos, mas dificilmente ficarão. Foram pouco aproveitados pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Quem deve continuar é Eduardo Brock.

O treinador também deve incorporar, pelo menos, um zagueiro da base para o profissional. Ramon ainda tem contrato o clube.

Nas laterais, haverá também mudanças. Com contrato encerrado, Jean Victor não deverá continuar. Norberto tem vínculo se encerrando no fim de dezembro. Dificilmente permanece. Raúl Cáceres ainda tem vínculo, mas teve pouco espaço com Vanderlei Luxemburgo.

Dessa forma, pelo menos, um lateral também deverá chegar ao clube mineiro. A mudança em vista ocorre muito também pelo desempenho do setor. Na Série B, o Cruzeiro foi apenas a 14ª melhor defesa. Levou 44 gols em 38 jogos.

Fonte:ge.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.