De olho na final da Copa do Brasil, Atlético pode decretar o rebaixamento do Grêmio para a Série B

Campeão com duas rodadas de antecedência, o Atlético encerra sua histórica participação no Campeonato Brasileiro de 2021 nesta quinta-feira. Às 21h30, o time comandado por Cuca enfrentará o desesperado Grêmio, em Porto Alegre.

Para o Galo, o jogo tem pouca importância. Com o título já garantido, Cuca deve poupar titulares, preservando suas principais peças para a final da Copa do Brasil. No domingo (12), será a vez de encarar o Athletico-PR, no Mineirão. A decisão do título nacional acontece três dias depois, na casa do Furacão.

A preparação do Atlético prevê, inclusive, um treinamento nesta quinta-feira para a equipe principal, a ser orientado pelos auxiliares de Cuca. “Vou com a equipe para Porto Alegre. Eu perco um treinamento, que é o da quinta-feira, mas já deixo programado tudo o que deve ser feito. Depois, volto e tenho sexta e sábado para treinar para o jogo da Copa do Brasil. O planejamento da semana está encaminhado”, destacou o treinador.

Se a equipe alvinegra entra em campo sem qualquer pressão, o Grêmio volta a conviver com o risco de queda para a Série B. A missão do Tricolor é evitar o terceiro rebaixamento de sua história.

Para os gaúchos, não basta vencer o confronto com o Atlético. Além disso, será preciso torcer pelas derrotas de Juventude e Bahia, que enfrentam, respectivamente, o Corinthians e o Fortaleza. Essas partidas serão disputadas em Caxias do Sul e na capital cearense.

Respeito ao Brasileirão

Grêmio, Juventude, Bahia e Cuiabá são os quatro times que ainda brigam para permanecer na elite do futebol brasileiro. Apenas dois deles estarão na Série A em 2022.

Com o quarteto lutando pela sobrevivência, Cuca adotou um discurso de respeito à competição. “Temos de respeitar o campeonato até o final. Existem disputas, com Cuiabá, Bahia, Juventude e Grêmio, por essa permanência. Depois, vamos pensar no time da final da Copa do Brasil”, disse.

O Cuiabá somente poderá ser rebaixado se perder para o Santos, fora de casa, e Bahia e Juventude vencerem seus compromissos.

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.