Atlético repete principais rivais e mira futebol português para encontrar seu novo técnico

Nos últimos anos, o Brasil passou a focar numa nova fonte de treinadores. Desde o sucesso de Jorge Jesus no Flamengo, os comandantes portugueses se tornaram os alvos dos principais clubes do país. O Atlético mira agora o próprio Mister e mantém Carlos Carvalhal como plano B para estar à frente da equipe alvinegra em 2022.

Jesus tem a seu favor o fato de ter deixado uma ótima impressão enquanto esteve no Brasil. Afinal, entre 2019 e 2020, ele conquistou cinco títulos pelo Flamengo, incluindo Brasileirão e Libertadores. Curiosamente, nesse mesmo período, perdeu apenas quatro jogos com o time carioca.

Outro português que tem se destacado por aqui é Abel Ferreira. No comando do Palmeiras, foi bicampeão da Copa Libertadores em sequência, em 2020 e 2021.

O sucesso dos treinadores nascidos em Portugal não levou apenas o Atlético a atravessar o Atlântico em busca de seu técnico para 2022. Depois de não chegar a um acordo para o retorno de Jorge Jesus, o Flamengo tirou Paulo Sousa da seleção polonesa.

Dessa forma, caso o Galo confirme o Mister ou Carvalhal como seu técnico, as três principais potências do futebol brasileiro atualmente estariam sob às ordens de profissionais portugueses.

Experiências malsucedidas

Entretanto, nem sempre eles foram bem-sucedidos no futebol brasileiro. Em 2016, Minas Gerais recebeu Paulo Bento e Sérgio Vieira em Cruzeiro e América, respectivamente. Ambos não deixaram saudades para os torcedores de Raposa e Coelho.

Em 2020, foi a vez de o Vasco contratar Sá Pinto. O ex-atacante foi demitido após uma passagem por pouco mais de dois meses por São Januário.

Fato é que mesmo Jorge Jesus teria dificuldade para repetir uma trajetória tão vitoriosa quanto alcançou no Flamengo. Se aceitar o convite atleticano, ele ainda precisaria conviver com as altas expectativas deixadas por Hulk e companhia ao conquistarem o Campeonato Mineiro, o Brasileirão e a Copa do Brasil em 2021.

Já Carlos Carvalhal não traria consigo um currículo tão vitorioso quanto o de seu compatriota. O atual treinador do Braga foi campeão da Taça de Portugal em 2020/2021. Esse foi seu segundo título na carreira. Em 2007/2008, venceu a Taça da Liga, pelo Vitória de Setúbal.

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.