Família de Kanté cruza São Paulo para ver o América-MG contra o Santos, na semifinal da Copinha

Grupo deixa Presidente Epitácio, na divisa com o Mato Grosso do Sul, com 15 pessoas e parte rumo a São Caetano do Sul, onde o Coelho decide contra o Peixe um lugar na decisão

Se depender de uma torcida especial, dedicada e animada, para o meio-campista Guilherme Kanté, o América-MG soma uma motivação extra para encarar o Santos, nesta sexta-feira (21), em São Caetano do Sul. A partir das 20h, o Anacleto Campanella é palco do duelo entre Coelho e Peixe, valendo vaga na decisão da 52ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, com transmissão em tempo real do ge.

Na manhã desta sexta, um grupo com 15 pessoas deixou Presidente Epitácio, às margens do Rio Paraná, no Oeste Paulista. E, para reforçar a torcida verde, começou a encarar os cerca de 660km de estradas que ligam a divisa entre São Paulo e o Mato Grosso do Sul até o ABC paulista.

Família de Kanté, do América-MG, viaja de Presidente Epitácio até São Caetano do Sul  — Foto: Cedida

Família de Kanté, do América-MG, viaja de Presidente Epitácio até São Caetano do Sul — Foto: Cedida

Guilherme Kanté é natural de Ivinhema (MS), mas cresceu no Oeste Paulista, terra natal da família paterna. O meio-campista tem 18 anos e chegou a Belo Horizonte em 2020. Dois anos antes, durante a Copa Mercosul (torneio local da base), chamou a atenção da Chapecoense e deixou a região, partindo para seu primeiro contato com um clube tradicional brasileiro, como relembra o pai, Thiago Da Hora.

Nesta Copinha, Guilherme Kanté começou como reserva, entrando no decorrer das partidas na primeira e segunda rodadas. Foi titular nos quatro jogos a seguir (entre as rodadas 3 e 6), e cumpriu suspensão contra o Botafogo pelas quartas de final.

América-MG venceu a Copinha em 1996 e, portanto, vai em busca de seu segundo título na competição. Pelos lados do Peixe, também há um nome ligado ao futebol do Oeste Paulista. Trata-se do técnico Élder Campos, natural de Presidente Prudente (saiba mais).

A outra semifinal é neste sábado (22), entre São Paulo e Palmeiras, em Barueri, às 19h. A final, como ocorre tradicionalmente, será no dia 25 de janeiro, em comemoração ao aniversário da capital paulista (veja a tabela completa da Copa SP).

Fonte: ge.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.