Caetano destaca parte mental para Atlético-MG ter sucesso em 2022: “Ano passado é memória”

“Temos que saber que o ano passado já ficou para trás”, alerta o diretor de futebol do Galo; time estreou na temporada com empate contra o Villa

Atlético-MG viveu, em 2021, a temporada mais vitoriosa de sua história, com os títulos mineiro, brasileiro e da Copa do Brasil. Um ano mágico, mas que inevitavelmente coloca uma pressão tremenda sobre o 2022. O próprio técnico Turco Mohamed ponderou em sua apresentação: “Aqui, o sucesso é ser campeão”.

Pressão que tem de ser administrada com cautela, na visão do diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano. Para ele, um dos piores erros que o clube pode cometer em 2022 é focar demais nos feitos históricos conquistados no ano anterior.

– Nosso elenco é forte, e continua sendo forte, como no ano passado. Mas principalmente na parte mental, temos que saber que o ano passado já ficou para trás. Foi mágico, pra ficar na memória. Apenas na memória. Não pode fazer parte do nosso dia a dia, porque esta talvez seja a grande armadilha que vamos lutar contra durante todo este ano – alertou Caetano à Rádio Itatiaia.

“Ano passado já ficou para trás. Foi mágico, pra ficar na memória. Apenas na memória”

O elenco é pouco diferente em relação ao time campeão em 2021. Dentre os considerados titulares, saíram apenas Junior Alonso e Diego Costa. Godín, Ademir e Fábio Gomes chegaram como candidatos à reposição. E a ideia de Caetano é justamente essa: mexer o mínimo possível, apenas em casos de necessidade.

– A gente fez poucas mudanças. Era importante realmente também atender as diretrizes do clube, na questão de orçamento, então fizemos algumas mexidas com esse objetivo – disse.

– Se você for ver as equipes que normalmente estão disputando os títulos, elas modificam pouco o elenco. Não estamos falando de reformulação. As nossas reposições foram pontuais, e serão assim caso venhamos a perder. Agora, não estamos pensando neste momento em reforço, mas em melhorar e evoluir a questão física e técnica deles para assim termos o mesmo rendimento do ano passado – completou.

Com uma equipe alternativa, o Atlético estreou na temporada com um empate em 1 a 1 diante do Villa Nova-MG, nessa quarta-feira, no Castor Cifuentes. O time volta a campo já no próximo sábado, quando recebe o Tombense, no Independência. A tendência é que, mais uma vez, um elenco alternativo seja escalado por Turco Mohamed.

Fonte: ge.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.