América-MG x Atlético-MG: após fase de observações, rivais fazem grande teste antes de “decisões”

Clubes se enfrentam neste sábado pelo Estadual, em confronto que mostrará a cara dos times para a estreia do Coelho na Libertadores e para a decisão da Supercopa do Brasil pelo Galo

América-MG e Atlético-MG têm bem claros seus primeiros objetivos na temporada. Uma histórica disputa de um lado. Uma taça em jogo do outro. Tanto Marquinhos Santos, remanescente de 2021, quanto Antonio Mohamed, contratado este ano, planejaram as primeiras semanas de Coelho e Galo, respectivamente, visando essas decisões. Mas antes, os rivais se enfrentam. Será o grande teste de ambos na largada de 2022.

O confronto será neste sábado no Independência, às 16h30. É válido pela sexta rodada do Campeonato Mineiro. As equipes chegam com campanhas muito semelhantes: 10 pontos somados, cada, em três vitórias, um empate e uma derrota. O Atlético marcou 11 gols e sofreu dois, contra sete pró e três contra do América.

O duelo no Horto será o momento de mostrar a cara das equipes. Uma semana depois, no dia 20, o Galo decide a Supercopa do Brasil em Cuiabá, contra o Flamengo. O torneio coloca frente a frente o campeão do Campeonato Brasileiro e o vencedor da Copa do Brasil. Como o Atlético ergueu os dois troféus, o regulamento prevê que o vice do Brasileirão, no caso o Flamengo, fique com uma das vagas.

Já o América-MG arranca na Libertadores no dia 23. Uma vaga inédita conquistada com grande campanha no Campeonato Brasileiro passado. O Coelho encara o Guaraní, do Paraguai, pela segunda fase. O primeiro confronto é no Independência. No dia 2 de março, em Assunção, os times fazem o jogo de volta para decidir quem avança à terceira fase.

O Coelho de Marquinhos

O técnico Marquinhos Santos usou os cinco primeiros jogos do Mineiro para observar reforços, ajustar o time sem peças do ano passado e dar rodagem a alguns garotos promissores da equipe sub-20. Chega para o clássico ainda sem uma escalação 100% formatada, mas com uma base sólida que fez história em 2021.

Dos 11 jogadores contratados, três ainda não entraram em campo: Gabriel Gomes, lesionado, Jailson e Matheusinho, ainda sem condições físicas. Desses, apenas o goleiro chegou com status de “titular absoluto”, mas Jori tem dado conta do recado e se coloca na briga por posição. Índio Ramirez ganhou os primeiros minutos na última rodada, contra o Pouso Alegre.

No outro clássico do Mineiro, contra o Cruzeiro, Marquinhos mostrou a cara do time que considera ideal – ao menos neste momento da temporada – e teve resultado: venceu por 2 a 0, com atuação segura.

O provável América é: Jori; Patric, Conti, Éder e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Alê; Everaldo, Felipe Azevedo e Wellington Paulista

O Galo de Mohamed

Antonio Mohamed sequer completou um mês de Atlético. Chegou em meados de janeiro planejando observar o elenco, sem deixar de dar rodagem aos considerados titulares. Usou o Campeonato Mineiro de laboratório. Nos jogos disputados no interior, mandou a campo formações reservas, com alguns titulares acionados.

Jogadores do Atlético-MG festejam gol contra o Patrocinense — Foto: Pedro Souza / Atlético-MG

Jogadores do Atlético-MG festejam gol contra o Patrocinense — Foto: Pedro Souza / Atlético-MG

Pelo plano traçado por El Turco Mohamed, o Atlético terá neste sábado uma formação bem próxima à que ele pretende usar contra o Flamengo no dia 20. Depois de América (12) e Flamengo (20), o Atlético já irá para mais uma partida importante, o clássico contra o Cruzeiro em 6 de março.

– No sábado, com o América, vamos ver algo mais parecido com o que vai jogar contra o Flamengo. Esse jogo vai ser quase a finalização da pré-temporada – explicou Antonio Mohamed sobre a programação, no domingo passado.

O provável Atlético é: Everson; Mariano, Nathan Silva, Godín e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho Fernández; Savarino (Ademir) e Hulk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.