Paciência e psicológico: Neto fala de espera por chance no Atlético-MG e não descarta empréstimo

Volante estreou pelo profissional em 2019, já fez até gol, mas não conseguiu ter continuidade; Concorrência com Allan, Jair e (agora) Otávio pode fazer com que empréstimo seja melhor saída

Com apenas 19 anos, o volante Neto é profissional do Atlético-MG desde 2019, e acumula boas atuações no time de cima. Já fez gol em um jogo de Brasileiro, contra o Athletico-PR. E neste ano, começou a temporada distribuindo assistência para Savarino no Campeonato Mineiro, contra o Tombense. Mas com as pesadas concorrências de Allan, Jair e agora Otávio no meio campo, a tão esperada continuidade ainda não veio.

Espera que pode acabar virando insatisfação, ainda mais para quem é tão jovem e sabe que precisa mostrar serviço. Mas esse não é o caso de Neto. Com “cabeça forte”, o volante sabe que o melhor a fazer é seguir treinando, aprendendo, evoluindo. Uma hora a chance vai chegar.

– A maior dificuldade de estar na base e subir é o psicológico. Tem que estar com ele muito bom, porque tem hora que não é do jeito que você quer, não é como você esperava. Você cria uma expectativa e, às vezes, acontece outra coisa. Então tem que estar com a cabeça boa pra enfrentar tudo da melhor forma, com alegria, trabalhando no dia a dia – conta o jovem.

“A palavra é paciência mesmo. A gente tem uma dupla de volantes que ‘pô’, sem comentários, é ‘sacanagem’. Pelo o que foi feito ano passado, entrosou os dois ali. É só aprender a cada dia com eles (Neto)”

Neto, volante do Atlético-MG — Foto: Pedro Souza/Atlético

Neto, volante do Atlético-MG — Foto: Pedro Souza/Atlético

Treinar é importante, mas jogar também é. E para ganhar minutos em campo como profissional, Neto sabe que um caminho possível talvez seja seguir os passos de Guilherme Castilho e Vitor Mendes, que foram bem no Juventude e retornaram em 2022. O empréstimo não é uma opção descartada, mas enquanto nada acontece, ele garante estar focado no Galo.

– O que eu faço aqui no dia a dia já está sendo mostrado, bem apresentado para a comissão e a diretoria. Claro que estou sem minutos de jogo, e no caso de um empréstimo, eu teria essa minutagem. Estou focado no Galo. Quem sabe um dia possa vir alguma coisa, mas hoje estou muito bem aqui, porque é o clube que tem muita competição esse ano, muitos jogos. Mas o futuro só Deus sabe. Vou estar preparado pra tudo.

Nas categorias de base do Atlético desde 2015, Neto teve a primeira chance como profissional em 2019, na derrota do Galo para o Tombense. Desde então, ele acumula 12 jogos no time principal, com um gol e uma assistência.

Fonte: ge.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.