Histórico! América vira sobre o Guaraní, vence nos pênaltis e avança na Libertadores

Épico. O dia 2 de março de 2022 marca o dia do maior jogo da história do América.

Com uma virada histórica, o Coelho venceu o Guaraní-PAR por 3 a 2, nesta quarta-feira, no estádio Defensores del Chaco, no jogo de volta da segunda fase da Copa Libertadores.

Como o time paraguaio havia vencido o primeiro jogo por 1 a 0, a decisão do classificado foi para a disputa de pênaltis. Nela, brilhou a estrela do goleiro Jailson, que defendeu uma cobrança e viu o Alviverde levar a melhor por 5 a 4.

Agora, o América aguarda o vencedor de Barcelona de Guayaquil e Universitario-PER. No primeiro jogo, a equipe equatoriana venceu por 2 a 0 em casa.

Primeiro tempo apático

Precisando reverter a desvantagem no confronto, o América viu a classificação ficar mais distante quando o adversário marcou nas duas primeiras investidas ao ataque.

Primeiro, Éder cometeu pênalti convertido por Fernando Fernández, aos 12 minutos do primeiro tempo. Dois minutos depois, Cáceres ampliou de cabeça, após escanteio pela direita.

Mesmo com quase 80% de posse de bola, os comandados do técnico Marquinhos Santos pouco ameaçaram o Guaraní-PAR, que, sabedor desse cenário, deu a bola ao Coelho e administrou o placar até o fim da primeira etapa.

WP9 brilha

A reviravolta do Coelho começou com Wellington Paulista, que mostrou oportunismo ao aproveitar sobra de bola na pequena área e empurrar para o gol, aos 13 minutos.

Aos 29 minutos, Everaldo, em seu primeiro toque na bola na partida, cruzou na cabeça de Wellington, que testou para o fundo das redes.

A virada veio aos 47 minutos, com Pedrinho, que aproveitou rebote na área e acertou bela finalização de primeira. A bola bateu na trave, nas costas do goleiro Vásquez e entrou.

Drama nos pênaltis

Na disputa das penalidades, sem erro nas cinco primeiras cobranças. Ayala, Ortíz e Rodrigo Fernández marcaram para os donos da casa, enquanto Wellington Paulista e Maidana converteram para o América.

O primeiro erro veio com Henrique Almeida, que acertou o travessão.
Em seguida, Bareiro e Índio Ramírez balançaram as redes.

Com isso esteve nos pés do goleiro Vásquez a classificação do Guaraní, mas o camisa 1 acertou a trave e deixou o Coelho vivo na disputa.

Na sequência, Rodolfo bateu com categoria e levou a disputa para as alternadas.

A sorte começou a mudar para o Alviverde com Rodi Ferreira isolando sua cobrança.

Patric teve a chance de dar a vaga ao América, mas bateu fraco e Vásquez defendeu.

Mas a história parecia estar escrita, contando a classificação do Coelho em seu primeiro jogo oficial no exterior.

Jailson defendeu a cobrança de Roberto Férnandez, e Everaldo bateu no ângulo, selando a ida do América para a terceira fase da principal competição da América do Sul.

É festa americana no Paraguai!

Fonte: Hoje em Dia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.