Alonso fala de momento de apreensão na Rússia e promete ‘trabalho em dobro’ no retorno ao Galo

De volta ao Atlético, o zagueiro Junior Alonso disse ter vivenciado um período de apreensão no Krasnodar, depois que a Rússia invadiu a Ucrânia. Ele foi colhendo informações sobre a guerra que se instaurou e não demorou muito para deixar o país europeu, rumo ao Paraguai, sua terra natal, e, em seguida, acertar seu regresso ao Galo.

“Foi difícil. Estávamos fazendo pré-temporada em Dubai, depois fomos para a Espanha e de lá para a Rússia, onde ficamos mais ou menos 12 dias. Faltando dois dias para o jogo (de estreia), a Rússia atacou a Ucrânia. A partida foi suspensa, fecharam espaço aéreo, muitas coisas. Ficamos preocupados por tudo que estava acontecendo”, declarou o xerife à TV Galo.

Ainda de acordo com o zagueiro, os atletas estrangeiros que atuavam no Krasnodar conversaram com o clube russo, a fim de deixarem o país.

“Tinha meus companheiros e suas mulheres e filhos. Para todos era difícil, porque ninguém sabia o que estava acontecendo. As notícias não falavam nada. Olhava Twitter e Instagram para conhecer um pouco mais o que estava acontecendo na Ucrânia. Quando chegamos a um acordo com o clube, vim embora”, disse.

Atlético

As tratativas com o Alvinegro foram agilizadas a partir do momento em que retornou à América do Sul.

“Primeiramente, fui para o Paraguai para ficar com minha mulher, meus filhos e meus pais. Depois, o Rodrigo Caetano (diretor de futebol do Galo) me ligou e falou que as portas do Atlético estavam abertas para mim e que o Atlético era minha casa. Para mim foi fácil. Minha mulher e meus filhos gostaram muito de BH e me falavam para eu voltar ao Atlético”, destacou.

Daqui para frente, ele espera honrar novamente a camisa preta e branca. “Vim para trabalhar. Quando cheguei, praticamente ninguém me conhecia. E estou voltando com a mesma humildade, de ser muito profissional e ajudar o time. Todo mundo espera que a gente possa conseguir os títulos que conseguimos ano passado. Temos que trabalhar em dobro”, comentou.

Por fim, prometeu “deixar a vida dentro de campo”. “Serei profissional dentro e fora do campo. É trabalhar, brigar e lutar para conseguir todos os títulos possíveis”, sintetizou.

Alonso assinou contrato de empréstimo com o Atlético até o fim desta temporada. Pelo Galo, ele soma 89 partidas e dois gols. Foi campeão do Mineiro de 2020 e do Triplete Alvinegro (Brasileiro, Estadual e Copa do Brasil) de 2021.

Por Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.