Copa Libertadores: El Turco’ explica entrada de Godín e valoriza ponto valioso

Após o duelo, o técnico “El Turco” Mohamed admitiu que o Atlético não conseguiu apresentar um grande futebol e, por isso, valorizou o resultado conquistado no Mineirão.

“Não que não fomos bem. Não tivemos contundência. Mas não tivemos mal. Não fomos desorganizados. O rival teve uma situação. Eles jogaram mais baixo na marcação. Tiveram uma chance e acertaram o gol. Isso é o futebol. No segundo tempo, a estratégia foi cruzar a bola. No primeiro tempo, não. Mas no segundo tempo, o América estava muito fechado. Tivemos muita posse de bola. Não tivemos finalização. Mas tivemos muita intensidade. Nossa equipe nunca se entrega. Conseguimos o gol e esse ponto foi muito valioso”, disse o comandante, em entrevista coletiva.

Com o empate no Gigante da Pampulha e também no duelo entre Independiente del Valle, do Equador, e Tolima, da Colômbia, que ficaram no 2 a 2, Galo e del Valle lideram a chave D com quatro pontos, com o time equatoriano levando vantagem no número de gols marcados (4 a 3).

Com um ponto aparecem Tolima e América.

Godín

Outro assunto comentado por “El Turco” foi a opção em escalar Diego Godín ao lado de Nathan Silva na zaga, em detrimento a Junior Alonso ou Réver, que atuaram recentemente em outros duelos importantes do Galo.

O uruguaio foi questionado por parte da torcida alvinegra por ter sido batido em alguns lances de velocidade na partida, inclusive, tendo participado do gol marcado por Felipe Azevedo, no início do segundo tempo.

“É um jogador de hierarquia e já jogou contra outros jogadores rápidos. São situações que podem acontecer na partida. Não gosto de falar de uma situação específica. Ele resolveu outros tipos de situação, e não há problema. O erro é parte do jogo. Nossa intenção era jogar com jogadores que estivessem mais descansados, que não tenham tantos jogos”, disse o comandante alvinegro.

Vale lembrar que o treinador vem promovendo um rodízio entre os zagueiros desde o início da temporada, sempre citando a questão física como um dos principais fatores para essa escolha.

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.