Mancini revela conversa com Matheusinho na vitória do América: ‘Falei que ele faria o gol’

Treinador acionou o meia-atacante no segundo tempo e nove minutos depois o jogador balançou as redes contra o CSA

Vagner Mancini mudou o jogo no segundo tempo e ‘deu moral’ para Matheusinho

O técnico Vagner Mancini foi decisivo na vitória do América por 3 a 0 sobre o CSA, no estádio Rei Pelé, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Ao mexer na forma de jogar do time, que pouco criou no primeiro tempo, o treinador ainda fez substituições certeiras. Uma delas foi a entrada de Matheusinho, que entrou na partida e marcou gol nove minutos depois.

Mancini revelou a conversa que teve com o meia-atacante à beira do campo. “Curiosamente, na substituição, eu disse que ele entraria e faria o gol, que ele tivesse calma porque ele teria oportunidade. Acho que é importante não só passar as instruções, mas ter contato com o jogador, sentar, bater um papo, pra entender o que ele vive naquele momento, o que ele viveu em Israel”, disse o treinador relembrando a passagem frustrada de Matheusinho pelo Beitar Jerusalém – depois foi emprestado ao Ashdod.

Agora, o trabalho de Mancini será recuperar a boa fase de Matheusinho, que sofreu com depressão em Israel e viu o desempenho cair. “O Matheusinho teve uma fase no América muito importante lá atrás, saiu para o exterior, e voltou agora. Vamos tentar achar pra ele uma condição por fora ou por dentro que seja confortável pra que ele possa desenvolver o que sabe”, frisou.

Matheusinho entrou na partida contra o CSA aos 24 minutos do segundo tempo no lugar de Everaldo. Aos 33, o meia-atacante balançou as redes anotando o segundo gol do América na partida.

Respeito ao CSA

Sobre a vitória fora de casa, Vagner Mancini destacou os 3 a 0 sobre o CSA. Com o resultado, o América poderá perder por até dois gols de diferença no duelo da volta, no Independência.

Contudo, o treinador pregou respeito ao time alagoano. “Resultado muito bom, eu diria excelente, porque são dois jogos eliminatórios. Em um confronto de 180 minutos, a gente abre uma boa vantagem. Mas não quer dizer que está decidido, porque futebol é futebol e a gente tem que respeitar muito o CSA, que lutou muito e tem um bom time”, disse.

O segundo duelo do América contra o CSA será no dia 10 de maio. Mas, antes, o Coelho terá que voltar as atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (24), às 16h, o time alvinegro visita o Santos, na Vila Belmiro, pela terceira rodada.

Fonte: Itatiaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.