Copa Libertadores: América vacila no fim, sofre virada para o Tolima e segue na lanterna do grupo D

Pedrinho e Hernández (contra) anotaram para o Coelho, e Plata marcou o outro tento do Tolima.

Com o resultado, o América segue na lanterna da chave, com um ponto. Os colombianos foram a quatro, em terceiro lugar. Del Valle e Atlético possuem cinco, cada.

Na terça-feira (3), às 21h30, o Alviverde terá pela frente o clássico contra o Galo, no Independência, pela quarta rodada do torneio sul-americano. Antes, encara o Athletico-PR, no sábado (30), às 16h30, também no Horto, pela quarta jornada do Brasileirão.

O jogo

O América sofreu uma baixa minutos antes do duelo. O atacante Everaldo sentiu uma fisgada na coxa esquerda durante o aquecimento e foi vetado para o jogo, cedendo a vaga de titular a Pedrinho. E os problemas não pararam por aí. Aos 28 minutos de partida, Alê precisou deixar o campo, também com um problema de ordem médica.

Em termos de atuação, o Coelho fez uma primeira etapa sem comprometer defensivamente e esteve perto de abrir o placar. Aos 39, Juninho quase fez um golaço: deu um chapéu no arqueiro e mandou para o gol, mas o zagueiro tirou praticamente em cima da linha.

O América voltou para o segundo tempo com mais uma mudança – Índio Ramírez no lugar de Felipe Azevedo – e agressivo em seu ataque. Aos 7 minutos, foi premiado: Matheusinho acionou Paulinho Bóia, que entortou Ríos e deixou para Pedrinho mandar às redes.

A festa não durou muito. Aos 20, Plata apareceu no meio da zaga americana, em posição legal, e empatou. Só que o Coelho mostrou garra para correr atrás de mais um gol: aos 31, Hernández tentou roubar a bola de Índio Ramírez e acabou mandando para as redes: 2 a 1.

Mas aos 41, novo banho de água fria ao América, com Quiñónes deixando tudo igual. E aos 49, Plata selou uma vitória heroica dos colombianos.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA 2 X 3 TOLIMA

América
Jailson; Patric, Maidana, Éder e João Paulo; Lucas Kal (Flávio), Juninho e Alê (Matheusinho); Felipe Azevedo (Índio Ramírez), Pedrinho e Paulinho Bóia (Carlos Alberto)
Técnico: Vagner Mancini

Tolima
Domínguez; Marulanda, Quiñones, Caicedo e Junior Hernández; Juan Ríos (Orozco), Rovira (Ureña), Lucumí, García (Miranda) e Plata; Ramírez (Rangel)
Técnico: Hernán Torres

Motivo: 3ª rodada do grupo D da Copa Libertadores
Data: 27 de abril de 2022 (quarta-feira)
Local: Independência
Arbitragem: Andrés Cunha, auxiliado por Nicolás Taran e Carlos Barreiro, todos uruguaios
Cartões amarelos: Éder e Lucas Kal (América); Rovira, Caicedo e Marulanda (Tolima)
Gols: Pedrinho aos 7 minutos, Plata aos 20, Hernández (contra) aos 31, Quiñónes aos 41 e Plata aos 49 do segundo tempo
Público: 4.651
Renda: R$ 69.720,00

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.