Segue o líder: Novo Cruzeiro: time teve ‘mudança de perfil’ na Série B do Brasileiro

Líder da Segundona, com 16 pontos, a Raposa vem tendo seu melhor desempenho em uma competição no ano. Em sete rodadas disputadas na Série B, o time celeste sofreu apenas três tentos, o que significa uma média de 0,42 gol por jogo. Nos quatro últimos duelos no torneio nacional, sequer teve a meta vazada (considerando a temporada, já são cinco partidas sem levar gols).

O desempenho defensivo na Segunda Divisão supera o do time neste quesito no Mineiro, quando sofreu 1,07 gol por partida, e na Copa do Brasil, com 0,5 por confronto.

Parte da explicação para a melhora do setor é a mudança tática, com uma formação com três zagueiros – Zé Ivaldo, Oliveira e Brock. Desde que esse sistema foi adotado, o Cruzeiro não teve a retaguarda vencida e ainda emplacou cinco triunfos consecutivos no ano (quatro na Série B e um na Copa do Brasil).

Ataque

O sistema ofensivo também tem feito sua parte na Segundona, mesmo que na “conta do chá”, com média de um gol por duelo. O rendimento é inferior ao do Estadual (1,85 por embate) e ao da Copa do Brasil (2,5 por partida).

Até agora, com o time dando conta do recado em todos os setores, a Raposa assumiu a liderança no último domingo. O próximo desafio é permanecer no topo.

“Eu e todos os meus colegas da equipe entramos em campo 100% focados em conquistar a liderança do campeonato. Atingimos nossa meta e seguiremos firmes e fortes por mais vitórias no campeonato”, comentou o meia Daniel Júnior.

Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.