Análise: Para Mancini, América não merecia ter apenas dois pontos na Libertadores

Ao fim do empate em 2 a 2 com o Tolima, nessa quarta-feira (18), em Ibagué, Vagner Mancini enfatizou a frustração pela eliminação do América na Copa Libertadores. Para ele, o desempenho em campo do time nos cinco jogos disputados até o momento na fase de grupos não se manifestou em número de pontos.

“Até falei no vestiário com a comissão e a diretoria que, pelo que o América vem jogando na Libertadores, dois pontos é muito pouco. Houve uma superação muito grande, uma maneira de jogar sempre muito agressiva”, afirmou o comandante.

Lanterna da chave, com dois pontos, o Coelho teve, na visão de Mancini, uma atuação positiva diante da equipe colombiana.

“O América ganha uma nota alta nos quesitos entrega, luta e bom futebol. Tentou o jogo inteiro. Encontrou uma certa dificuldade em algum momento, mas soube superar e terminou a partida pressionando o Tolima”, comentou.

O último desafio do Alviverde na Libertadores será na próxima quarta-feira (25), às 21h, contra o Del Valle, no Equador.

Hoje em Dia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.