Libertadores: Atleticanos vaiam time após derrota para o Tolima, e Hulk vê reação como ‘desnecessária’

“Erramos. Só acho desnecessária a questão da vaia, porque quem estava presente viu que a equipe se dedicou ao máximo e buscou fazer tudo para alcançar a vitória”, desabafou.

O camisa 7 também relembrou as tantas probabilidades do esporte e garantiu que o grupo está focado nos próximos desafios. “Questão de perder ou ganhar faz parte do futebol. A gente entra em campo para dar nosso melhor. Como falo, a gente nem sempre vai ser feliz ou tomar as melhores decisões. Nem sempre vamos ganhar, vamos perder e empatar também, faz parte. O importante é manter o foco e a cabeça erguida”, afirmou.

Mesmo com a derrota, o Galo se classificou para as oitavas de final da Libertadores em primeiro lugar da chave D, com 11 pontos.

Agora o Atlético retoma a disputa do Campeonato Brasileiro, competição em que, atualmente, ocupa o quarto lugar, com 12 pontos.

O próximo compromisso é neste domingo (29), às 19h, no Mineirão, contra o Avaí. Para este e futuros duelos, Hulk garantiu que os jogadores estarão com a cabeça erguida: “agora temos que levantar a cabeça. Temos muitos jogos pela frente e é importante manter o foco”.

Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.