Libertadores: Mancini analisa derrota do América e reconhece: ‘não poderíamos esperar uma sorte melhor’

Contra o Del Valle, o América foi derrotado por 3 a 0, nessa quarta-feira (25), no Equador. Após o resultado, que encerrou a participação do time na Libertadores e o impediu de obter uma vaga na Sul-Americana, o técnico Vagner Mancini analisou a partida e entendeu que, em função de todo o contexto dentro de campo, não havia como ter um desfecho diferente.

“A derrota faz parte do jogo, mas nunca queremos sentir esse sabor. Lógico que, diante do que foi o jogo hoje (quarta-feira), não poderíamos esperar uma sorte melhor. O América ficou muito distante daquilo que normalmente faz. Domínio, passe e tempo de bola foram alterados, e por isso tivemos muita dificuldade na construção do jogo”, disse Mancini.

Para o técnico, a pouca posse de bola foi uma das causas para o placar final. “Seguidamente, nós retomamos a posse de bola, e perdíamos na sequência. Isso gerou um desgaste físico. Não foi uma noite onde o América impôs seu jogo. O Del Valle foi dono das ações na maior parte do jogo. Isso gerou uma série de consequências”, pontuou.

Agora, o América foca no Campeonato Brasileiro, competição na qual soma dez pontos e, atualmente, ocupa o nono lugar. O próximo compromisso do time é neste domingo (29), contra o Corinthians, na Neo Química Arena, às 18h.

Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.