Experiência: “Trintões” do Atlético: metade dos titulares do Galo tem mais de 30 anos e carrega time nas costas

Com representantes no gol, defesa, meio e ataque, os atletas mais maduros são peças-chaves no esquema atleticano. O paredão Everson, de 31 anos, é titular absoluto e sinônimo de segurança no gol do Galo, com defesas importantes. Aos 36 anos, o lateral Mariano tem sido um gigante nesta segunda passagem pelo clube, com bons números. Neste ano, o lateral disputou 20 jogos e perdeu apenas dois.

No meio campo, o nome da experiência no Atlético é Nacho, de 32 anos. O maestro argentino é líder em assistências no ano ao lado de Arana, com sete passes pra gol, e o terceiro artilheiro da equipe na temporada, com oito gols. O setor ofensivo, aliás, é onde tem a maior concentração de “trintões” do Galo. O ataque considerado titular é todo acima dos 30.

Hulk, com 35, e Keno e Vargas, com 32 anos, são os principais nomes de frente do time alvinegro. O primeiro é destaque em tudo que faz. Artilheiro da equipe no ano com 21 gols, Hulk virou ídolo da torcida ao conquistar quase tudo com o Galo no ano passado. Nesta temporada, Keno e Vargas têm sofrido com lesões e têm apenas três gols (juntos) no ano. Mas em 2021, foram fundamentais nos títulos do clube. Sasha, reserva que ganhou espaço com a lesão de Keno, tem 30 anos e é o vice-artilheiro da equipe no ano, com 11 gols. É a experiência dos “trintões” jogando junto com o vigor dos jovens.

Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.