Cuca evita achar culpados por empate do Atlético, reclama de vaias e elogia apresentação

“Eu podia muito estar lamentando, mas tenho que enaltecer a partida que o Atlético fez, o 2 a 1 e o 2 a 2 são muito próximos. Eu tenho comigo que tudo que Deus faz é bom, e quarta-feira a gente vai fazer de tudo para buscar a classificação”, ressaltou o treinador.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (10), no Allianz Parque, às 21h30, pelo segundo duelo. Quem vencer, garante vaga nas semifinais da Libertadores. Após o empate, Cuca analisou a partida de ida.

“Um jogo aprazível de ser ver, intensidade grande dos dois times. Quando a gente fala de intensidade não significa só atacar, significa defesa. O time foi muito intenso mas você não consegue jogar noventa minutos da mesma forma. Nós conseguimos jogar uns setenta”, destacou.

Cuca também enfatizou que não é hora de apontar culpados, e dividiu a responsabilidade do resultado com todo o elenco.

“Não adianta achar culpados. A responsabilidade por este empate/derrota é de todos. Tomamos o gol nos acréscimos, é dolorido. O torcedor irá para casa e refletir, que não merecemos a vaia. Deixamos tudo no campo”, avaliou.

O treinador ainda reforçou sobre os detalhes do futebol e lamentou que o Palmeiras tenha tido mais sorte nas finalizações.

“O Scarpa bate a falta, ela vai na trave e cai no único lugar para o Palmeiras marcar. O Ademir finaliza e a bola bate na trave e não entra. São detalhes do futebol”, finalizou.

Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.